Achados em Williamsburg

Por Nathalie Ferreira

Não é de hoje que Williamsburg é considerado o bairro ‘dos bacanas’ em Nova York. Quem é paulista vai entender: é a Vila Madalena de Nova York, cheia de tipos artísticos, hipsters, novas famílias e gente bonita passeando pelas ruas.

O boom do bairro aconteceu em 2005, quando a cidade remodelou a área para ter menos galpões e fábricas para ter prédios residenciais e, desde então, é um dos lugares mais ‘tem-que-ir’, seja para quem visita ou mora na cidade.

Eu, que estou morando em Manhattan há alguns meses, pego o trem L e bato cartão por lá umas 4x por semana! E como sei que muitos brasileiros estão por lá também (a tarefa difícil é NÃO ouvir português nas ruas!), resolvi compartilhar alguns dos meus lugares favoritos, algo como um mini guia para sua próxima visita a esse pedacinho do Brooklyn que amo tanto. <3

Achados da Bia | Viagem | Turismo | Williamsburg, NY | Nathalie Ferreira

Anota aí:

1 – Lojinhas da Bedford Avenue: não espere encontrar marcas conhecidas habitando a avenida principal do bairro, que é cheia de lojinhas pequenas e locais. Elas são muitas e uma bem diferente da outra, então entre nas que tiver vontade e explore as araras, geralmente cheias de bons achados. As ruas adjacentes também garantem bons spots de compras, mas o burburinho mesmo fica entre as ruas North 7th e Metropolitan Avenue.

2 – Williamsburg Creamery: aproveite o passeio logo depois que sair do metrô para passar nesta sorveteria super pequena, mas com uma gama considerável de sabores, incluindo alguns não tão comuns como Popcorn, Smurfett, Pumpkin, Chocolate Peanut Butter Oreo, Strawberry Cheesecake… ih, a lista é longa! Meu favorito é o Cookie Dough que, de tão bom, me inibe de provar os outros! Mas não faltarão visitas para que eu consiga pegar uma casquinha de todos ;D (Endereço: 201 Bedford Avenue)

3 – Smorgasburg, Williamsburg Flea Market e East River Park: o East River Park, como indica, é na beira do rio, e dá uma vista linda de Manhattan. O parque em si não é grande e não tem muito o que fazer, a não ser sentar com os amigos para bater papo ou pegar um bronze, mas nos finais de semana, grande parte dele é ocupado por duas feiras. Aos sábados tem o Smorgasburg, com barracas só de comidas de todos os tipos. Feirinha Gourmet das melhores, que funciona das 11h até as 18h! Já aos domingos, são roupas e artigos de decoração que dão o tom, com o famoso ‘mercado de pulgas’, que funciona das 10h às 17h. Se adora vintages e trabalhos feitos à mão, você vai amar os achados de lá! (endereço: Kent Avenue com North 7th Street)

4 – DuMont Burger: sou meio fascinada por hamburgueres (ainda mais em Nova York, com os melhores do mundo!) e o DuMont é o queridinho do bairro. Com mesinhas na calçada, é uma ótima pedida para as noites quentes de verão. Os lanches são gostosos na medida e dizem que o Mac’n’Cheese é delicioso. Dica: peça Onion Rings ao invés da batata frita! (Endereço: 314 Bedford Avenue)

5 – Surf Bar: é só pisar no Surf Bar para ser transportado da loucura novaiorquina diretamente para um quiosque de praia. O motivo? O cheiro de frutos do mar e a areia no chão. Isso mesmo! O chão do restaurante todo é coberto dela, com mesinhas de madeira e música ambiente moderninha. Recomendo os frozen drinks – tanto a Margarita quanto o Mojito são um refresco mais do que bem-vindo depois de tanto bater perna por aí. (Endereço: 139 North 6th Street)

6 – Champs: uma das maiores surpresas gastronômicas que tive em NY! A princípio, o Champs é uma diner com jeitinho de anos 50 como qualquer outra, mas a surpresa está quando você abre o menu: tudo do cardápio é 100% vegan! E não espere só saladas não – tem de tudo, de burgers a sanduíches, massas e steaks. Eu e meu grupo pedimos vários pratos e rachamos tudo, para poder provar todos. Adorei especialmente o nhoque e o super sorvete com brownie, de sobremesa. Nham! (Endereço: 176 Ainslie St)

7 – Nitehawk Cinemas: sei que cinema não é um programa tão popular para quem está de turista por poucos dias, mas se bater uma vontade de assistir a algum filme, o Nitehawk tem na sua programação os títulos mais indie e também algumas exibições especiais. Só para dar um exemplo: algumas semanas atrás teve noite de karaokê, enquanto passaava Moulin Rouge! rs. Mas não é só esse o charme: cada sala tem mini mesas na frente das poltronas, equipadas com menu caprichado, papel e caneta para anotar os comes e bebes. De tempos em tempos as garçonetes pegam e trazem os pedidos. Ah, e já disse que o preço da entrada é mais em conta do que qualquer cinema de Manhattan? Demais! (Endereço: 136 Metropolitan Avenue)

8 – Wythe Hotel: do Brooklyn, é uma das melhores vistas para ver Manhattan. O contorno do skyline da ilha no pôr do sol é de emocionar e, na companhia de bons drinks, melhor ainda! Antigamente era uma fábrica abandonada e é incrível ver como um trabalho de revitalização pode ter um resultado tão lindo. (Endereço: 80 Wythe Avenue)

9 – Lucky Dog: um pub com cara de ‘lá em casa’, sabe? Tem zero de firula, gente amigável, uma jukebox recheada de clássicos, drinks com preços ‘pé no chão’ e uma parte externa com mesas. O nome não é por acaso: lá, o espaço é pet friendly e não faltam cachorros com os donos correndo para lá e para cá. Todos amam e ficam fazendo carinho nos peludos! Tem como uma noite ser melhor? (Endereço: 303 Bedford Avenue)

10 – Union Pool: quer agito em Williamsburg? Essa é uma das baladas mais legais do bairro! Tem três ambientes: um com bar, lounge music e uma photo booth, outro com DJ tocando e o terceiro é um pátio em que todos ficam jogando conversa fora e aproveitando para comer os tacos do El Diablo, food truck estacionado lá dentro. Adoro que o público lá é o mais variado possível e não tem muitos turistas. Não esqueça de deixar o salto alto em casa! (Endereço: 484 Union Avenue)

11 – Spikehill Music: você vai sair do metrô e dar de cara com esse bar/casa de show, que recebe bandas e artistas que tocam ao vivo todos os dias. Como é um ponto de referência, tente aproveitar nos dias de semana, quando não é tão cheio e o serviço é melhor! (184 Bedford Avenue)

12 – La Superior: depois de várias recomendações de amigos, inclusive uma mexicana, fui conhecer o La Superior. Pequenininho, super local e tem uma comida mexicana autêntica mesmo (disse a tal amiga! rs)! Como os pratos são bem baratos, dá para pedir de tudo um pouco – eu, como boa apaixonada por burritos e quesadillas, recomendo pedir algumas das muitas opções. (Endereço: 295 Berry Street)

Importante: para chegar a Williamsburg o jeito mais fácil mesmo é pegar o metrô L, um dos poucos que cruza avenidas em Nova York. Para você, hospedado na região da Times Square e Central Park, pegue os trens N, Q, R, 4, 5 ou 6 sentido Downtown até a Union Square e, de lá, faça a transferência para o L, sentido East Side & Brooklyn. Saia na primeira estação do lado Brooklyn, a Bedford Avenue (alguns dos lugares que mencionei no guia são mais perto da próxima estação, Lorimer Street, então fique ligado!) e aproveite ;D

Gostaram? Então cliquem no coração para eu ficar feliz!
Se tiverem mais dicas, deixem comentários.
Beijo, Nath.

13 comentários COMENTE TAMBÉM

Amei esse post hihihi fiquei muito feliz quando entrei aqui e vi! Vou pra NY em dezembro e já to procurando todas as dicas possíveis! Muito legal esse guia, hehe, principalmente sobre o metrô que to super com medo de me perder. Faça mais posts assim sobre vários lugares de NY! 🙂 Vou amar! bjinho

De começo o metrô parece assustador mesmo, mas depois você nota que ele tem um padrão e as linhas todas enroladas se tornam mais fáceis ;D baixa o app New York City Subway que ele dá uma baita ajuda também! Até hoje com o mapa decorado na cabeça uso pra calcular rotas mais rápidas.

Bia te achei no blog da Mariah e estou adorando seu blog!!! Muitas dicas legais e muita criatividade. Resolvi então te escrever para te dar parabens por cada post bem colocado e pelo cuidado e carinho em cada post. Abraços

Adorei o post, Nath! Sempre que puder traga coisas bacanas de NY!!! Vou pra lá em Outubro e quero super conhecer o Brooklyn – parte dele, I mean!! rs Beijos! Beijos, Bia! : )

Oi Dri! Que bom que gostou =)
Fico meio na dúvida do que postar pq tem muita dica que já é manjada, então queria que as leitoras me contassem o que querem saber! Mas pode deixar que ainda vou falar muito de NY por aqui 😉
Beijos

Super dicas! Que delícia estar morando em NY <3

http:/lazervestevoce.com.br

Tem o Brooklyn Bowl também! O máximo! Boliche+shows, a cara de Williamsburg!

Oi Bia, tudo bem? Atendo o Buriti Shopping que em setembro realizará um evento de moda e beleza, o Passarela Buriti em Goiânia. Sugerimos para o evento a sua presença para um workshop/palestra sobre customização! Mandei pelo box de contato aqui do blog mais informações e gostaria de um retorno. Beijos!

Ameeei. Minha sogra mora em Williamsburg e eu tive o prazer de ir pra lá me março desse ano. Já estou morrendo de saudades, quero voltar!!

[…] é um pacote de bairro que tem se replicado pelas principais cidades turísticas mundo afora, como Nova Iorque, Londres, Paris e Barcelona, sem ser lá grande coisa em lugar […]

Comentários fechados.